cachorro-quente-1-de-1
Cachorro quente tradicional de Copenhagen, acompanhado de um refrigerante de cola um tanto esquisito.

Antes da história com a Islândia continuar, ficaremos uns dias Copenhagen.  Pela primeira vez optamos por uma hospedagem do Airbnb e já imaginávamos que ficar hospedados em um apartamento, com cozinha equipada e tal, nos faria sentir meio como moradores da cidade.  Mas neste caso, estamos hospedados no apartamento onde realmente vivem os anfitriões, e isso dá uma sensação de que estamos na casa de amigos.

Hoje o dia foi de se localizar, dar uma olhada geral pela cidade e, para o almoço, experimentar o cachorro quente tradicional de Copenhagen: Vina (aka salsicha), catchup, mostarda, cebola frita, cebola crua e picles.