Follow my blog with Bloglovin

Ouvi essa pergunta de algumas pessoas assim que eu comentava que passaria férias na Islândia e fiquei pensando qual seria a resposta mais adequada: “porque sim”, “porque eu quero”, mas seria indelicado e por fim não é nem um pouco justo com tudo o que o país nos proporcionou.

Agora depois de ter viajado pela ilha, consigo listar os 5 porquês que melhor respondem a essa pergunta.

Veja Também: 

 

glacier-lagoon-1-de-1

1) Porque é de graça 

As belezas naturais estão lá para quem quiser ver e tiver disposição de percorrer o país,  de graça e à beira da rodovia.  Nem é preciso muito esforço para se sentir dentro de um cartão postal ou numa daquelas fotos que a gente vê nas proteções de tela padrão em nossos computadores.A Islândia é assim, disponível, generosa e impressionante a cada quilômetro.É claro que chegar à Islândia, especialmente saindo do Brasil, não é barato.  Para chegar até lá é necessários um vôo até algum país da Europa e de  lá então pegar um segundo vôo até a capital Reykjavik.Alguns tours são pagos como a caminhada nos glaciares – pois requerem guia para sua própria segurança – entrar numa cratera de vulcão de elevador (caríssimo) ou um passeio de barco para ver baleias.  Mas isso você pode escolher fazer ou não e certamente, se optar por não fazer, não estará perdendo as mais belas paisagens do país.

Veja aqui: quanto custa viajar pela Islândia

skogafoss-1-de-1
Skogafoss – uma das muitas cachoeiras no trajeto

 

2) Porque  o céu nunca mais será o mesmo

Para alguém como eu que nunca tinha visto o espetáculo emocionante da Aurora Boreal, poder receber esse presente do céu parecia pouco provável, coisa para poucos privilegiados.  Mas a verdade é que na Islândia, basta ficar atento à noite e a dança de luzes pode aparecer de uma hora para outra, em ondas luminosas que parecem mais cortinas do firmamento.

E não é preciso nenhum guia super experiente para isso: é olhar para o céu, contemplar o brilho das estrelas e se preparar para o espetáculo da natureza mais impressionante e arrebatador que você pode ver.

Durante a viagem tivemos a sorte de ver a Aurora duas vezes e de volta prá casa, às vezes me pego contemplando o céu à noite e por alguns instantes ainda me engano perguntando – será que hoje vai ter aurora?  Uma pena que não!

cratera-1-de-1-4
Aurora: inacreditável!

 

3) Porque você vai perder o fôlego

Estar na Islândia às vezes me dava a impressão de estar em outro planeta.  De geleiras a geiseres, de campos de lava a praias de areia negra, tudo é tão belo e praticamente intocado que é difícil de acreditar que está vendo tamanha beleza.

geisir-1-de-1-2
Geysir

Rainbows everywhere – essa foi a expressão que uma neozelandesa que conhecemos no caminho usou para relatar o que nós mesmos já havíamos concluído: arco-íris em todo lugar!  Nunca tínhamos visto tantos, formando contrastes incríveis com a paisagem.  Eles eram a recompensa ao nosso esforço de encarar a chuva e o vento.

arco-iris-1-de-1
Glacier Lagoon
cratera-1-de-1-2
Diamond Beach – areia preta e blocos de gelo: onde mais ver uma praia assim?

 

 

4) Porque o país é só seu

É isso que eu senti muitas vezes, que tudo estava ali só me esperando!  Uma delícia visitar um lugar sem ter que disputar um lugar na multidão.

A Islândia ainda é um destino pouco explorado e livre de grandes concentrações de turistas.  Ainda há tempo de conhecer o país tranquilamente, apreciar a paisagem sem empurra-empurra e sem frotas de ônibus despejando gente por todos os lados.

Às vezes era até estranho estar em frente a uma cachoeira na beira da estrada com praticamente ninguém à sua volta, mas por enquanto a ilha do gelo não foi descoberta pelas massas, quanto antes puder visitar melhor.

cratera-1-de-1-6
Estradas e paisages só prá você

 

 

5) Porque você pode conhecer o país inteiro

Cada quilômetro percorrido na Islândia é digno de milhares de fotografias e de lembranças que ficarão para sempre na minha memória.  O país é relativamente pequeno e sem dúvida recomendo que seja explorado ao máximo que seu tempo permitir.  Percorrer a ilha em todo seu entorno é uma das melhores formas – estradas tranquilas e paisagens magníficas a cada quilômetro.

Viajar no país de carro é muito fácil e vale a pena dar a volta na ilha toda, perceber as mudanças climáticas, a vegetação, as paisagens e os animais…

cratera-1-de-1-7
Os dóceis cavalos islandeses (*Foto: Dilza Trevisan Silva)

Dicas: Como explorar a Islândia de carro.